quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Antioxidantes naturais O poder medicinal das ervas aromáticas e especiarias

MOLLY

Estudos conduzidos em universidades da Alemanha, França, Ásia, Estados Unidos e Brasil têm comprovado o que os nossos antepassados já intuíam: as ervas aromáticas e as especiarias possuem princípios ativos com propriedades medicinais que promovem saúde. Além do aroma e sabor que conferem à culinária, seu uso é bastante interessante na redução do consumo de sal e na capacidade de auxiliar no processo digestivo. Presentes nos cardápios, elas estimulam a produção de enzimas envolvidas na digestão e assim facilitam a absorção dos nutrientes.
Na culinária, devem ser usadas com equilíbrio, para destacarem o sabor de um prato e nunca se sobrepujarem.

As ervas frescas devem ser picadas o mais perto possível da hora de servir e ser acrescentadas à preparação no final do cozimento, para assim evitar que seu gosto e seus componentes medicinais se percam. Nas preparações que não necessitem de cozimento, devem ser colocadas bem antes da hora de servir, para que possam misturar-se e dar seu sabor aos outros ingredientes.

As ervas secas costumam ser acrescentadas no começo do processo de cozimento. Na próxima página, conheça os tipos, propriedades medicinais e uso culinário.

AÇAFRÃO: antioxidante, antiinflamatório, é auxiliar no tratamento da prisão de ventre.

Uso: arroz, sopas, saladas, carnes, pães.

ALCARÁVIA: digestivo, estimulante.

Uso: pães, batatas, cogumelos, pato, ganso, sopas, recheios e vegetais.

AIPO OU SALSÃO: digestivo, indicado para flatulência (gases), diurético.

Uso: sopas, minestrone e salpicão.

ALECRIM:digestivo, antioxidante, estimulante, ativador da circulação sangüínea, antidepressivo e anti-séptico. Uso: carnes e massas.
ALFAVACA ou MANJERICÃO CHEIROSO: digestivo, sedativo, tônico, baixa a febre; é auxiliar no tratamento de infecções bacterianas e parasitas intestinais.

Uso: tomates, massas, berinjela, peixes de carne firme.

ALHO: antioxidante e digestivo; melhora a circulação sanguínea e purifica o sangue. Uso: carnes, aves, molhos em geral e refogados.
BAUNILHA: estimulante, afrodisíaca e digestiva.

Uso: perfumar bolos, doces, cremes, mingaus, bebidas e licores.

CANELA: digestiva e antioxidante; ajuda a prevenir osteoporose, a controlar a pressão sanguínea e a aliviar sintomas da menopausa.

Uso: compotas, infusões, marinados, picles e ensopados (em casca) e bolos, pães, biscoitos, mingaus e doces (em pó).

CARDAMOMO: antioxidante, estimulante e digestivo. Uso: pratos indianos, tortas e bolos escandinavos, carne de carneiro e porco, fígado, peixes e sopas, arroz, bolachas, licores, café, conservas de arenque e saladas de frutas.

CEBOLA: antioxidante e digestiva.

Uso: pratos salgados.

COENTRO: antioxidante, digestivo, auxiliar no tratamento da ansiedade, moderador de apetite. Uso: peixes, frutos do mar, molhos, sopas, carnes, aves, pães.

COMINHO: diurético, auxiliar no tratamento de gases. Uso: molhos, cremes, peixes, carnes, assados, legumes, ovos, sopas e pães. É essencial no curry.

CRAVO-DA-ÍNDIA: ajuda a aliviar sintomas da menopausa, a proteger contra aterosclerose e diminuir os níveis de colesterol. Uso: doces, pães, marinados, assados de porco, molhos e chutney.
CURRY: é feito com até 65 tipos de especiarias diferentes. Estimulante e digestivo. Uso: culinária indiana, arroz.
ERVA-DOCE: combate tontura, náuseas, infecções intestinais e estomacais.

Uso: A base da haste é usada como legume. As folhas podem ser servidas em saladas ou guarnecendo outras preparações.

ESTRAGÃO: estimulante de apetite; alivia reumatismo e artrite, regulariza a menstruação, diurético.

Uso: saladas, sopas, assados de forno, peixes, carnes, aves e molhos.

GENGIBRE: antioxidante; ajuda a tratar enjôos, combater infecções, prevenir doenças cardiovasculares; é auxiliar no emagrecimento.

Uso: cru como acompanhamento, picles, molhos, doces, bolos, pães, saladas e carnes de porco.

HORTELÃ: estimulante, digestiva. No Recife, o pó da folha é usado para combater parasitas intestinais (ameba e giárdia) em crianças.

Uso: chás, sucos, saladas, molhos para carnes e massas, pratos da cozinha do médio oriente.

LOURO: antioxidante, digestivo; estimula o apetite; é auxiliar no tratamento da gripe.

Uso: cozidos, assados, feijões, massas, caldos e carnes.

MOSTARDA: antioxidante.

Uso: conservas, pães, assados, picles e marinados (em grão) e carne de porco, embutidos, peixes e maionese (em pó ou pasta).

NOZ MOSCADA: afrodisíaca, é usada para problemas hepáticos. Uso: doces, molhos e massas. Deve ser ralada somente na hora do uso e necessita de pequena quantidade para dar seu aroma.
ORÉGANO: digestivo, antioxidante, antibacteriano, antibiótico, analgésico, sedativo; auxiliar no tratamento de gripes, resfriados e cólicas menstruais. Uso: molhos italianos, de tomate, ensopados, massas, sopas e espetinhos (de carneiro e porco).
PÁPRICA: estimulantes e digestivas. Uso: pode ser usada no lugar da pimenta seca.

Uso: bolos, pães, tortas, doces e molhos.
PAPOULA: digestiva.

PIMENTAS: antioxidantes; purifica o sangue, auxilia na prevenção de doenças do coração, no tratamento da obesidade, nas dores reumáticas (compressas locais). Uso: pratos salgados.
SALSINHA: favorece o equilíbrio hormonal; é fonte rica em betacaroteno (pré vitamina A) e Vitaminas do Complexo B; alivia os sintomas da bronquite, asma, cólicas menstruais e cistite; é auxiliar no tratamento de cálculos renais e cólicas.

Uso: molhos, patês, saladas, legumes, peixes, omeletes, sopas e guisados.

SÁLVIA: digestiva, antioxidante; auxiliar no tratamento de problemas de fígado, suor excessivo, ansiedade, depressão e sintomas da menopausa. Uso: carne de boi e porco, peixes firmes, ovos, queijos e saladas.
TOMILHO: digestivo, desinfetante, anti-séptico; é expectorante, limpa as vias respiratórias e o intestino. Uso:sopas, aves, peixes, carnes, saladas, molhos, preparações a base de tomate.

*Marília Fernandes é nutricionista

MOLLY

2 comentários:

milton toshiba disse...

Uma dica legal que ouvi do Wessel é sobre a rehidratação das estar secas. Misture em um recipiente com azeite e leva-a ao micro-ondas por 30s sem ferver. Deixe descansar por meia hora e pronto.
Bjs

Anônimo disse...

Muito obrigado,exatamente o que eu estava procurando...Muito bom!!!!

Blog Widget by LinkWithin

Molly - Colecionadora de Receitas Copyright © 2009 Designed by Ipietoon Blogger Template for Bie Blogger Template Vector by DaPino