sexta-feira, 20 de março de 2009

Dia Mundial Sem Carne



Para celebrar o Dia Mundial Sem Carne, que ocorre nesta sexta-feira (20), o G1 consultou a nutricionista Helena Maria Novaretti, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), para conhecer os benefícios e malefícios desse saboroso alimento.

(Foto: Divulgação/Fulô Vegetariano)

Além de fornecer ao organismo proteínas de alto valor biológico, ou seja, com uma grande proporção de aminoácidos que o corpo não é capaz de produzir sozinho, a carne vermelha é rica em ferro. “Os nutrientes da carne são importantes para o reparo e a formação de tecidos, o crescimento e o transporte de minerais para todo o corpo”, diz Helena.

A carne, no entanto, tem seus aspectos negativos. “Alguns cortes de carne têm alto teor de gordura, principalmente saturada, o que pode causar prejuízos à saúde”, afirma. Para a nutricionista, o ideal não é extinguir a carne da alimentação, mas ingerir cortes que tenham pouca gordura, como filé mignon, patinho e lagarto. “Picanha com muita gordura ou cupim, por exemplo, devem ser evitados”, diz.

Como ficam os vegetarianos

Quem opta por tirar de vez a carne do cardápio deve ficar atento para não mudar a alimentação de repente. “Pessoas que desde pequenas não gostam muito de carne acabam acostumando o organismo a absorver melhor ferro de outros alimentos, que não são facilmente absorvidos por quem está acostumado a comer carne. Já quem interrompe o consumo de carne repentinamente pode acabar com uma anemia por carência de ferro”, afirma.

Além da carne, a proteína pode ser encontrada nas leguminosas, como soja, feijão, lentilha, ervilha e grão de bico. Outra dica de Helena para evitar o consumo de carne gordurosa é dar preferência a pedaços de frango sem pele e ao lombo de porco.

Confira sugestões de receitas sem carne:

Risoto Fulô*

(Risoto de arroz integral com shimeji, shitake, cogumelo Paris, queijo mascarpone e amêndoas)


Preparo do arroz “al dente”


Ingredientes:
3 xícaras de arroz integral cateto
4 xícaras de água
2 colheres de chá (10 g) de sal
2 dentes de alho amassados
1 cebola pequena picada
15 ml de óleo (de soja, arroz ou canola)

Lave o arroz e escorra. Em uma panela de pressão, refogue o alho com uma colher de óleo, acrescente a cebola e mexa até dourar. Acrescente o arroz, o sal e refogue juntamente com o alho e a cebola por 5 minutos. Acrescente a água fervente, feche a panela e cozinhe na pressão em fogo brando por 20 minutos. Ao final, o arroz deve estar “al dente”. Reserve.

Preparo do Risoto


Ingredientes:
6 xícaras de arroz cozido “al dente”
120 g de shitake
120 g de shimeji
120 g de cogumelo Paris
40 g de amêndoas fatiadas e tostadas
1 colher de sopa (15 ml) de azeite extravirgem
½ xícara de vinho branco seco
2 colheres de sopa de queijo mascarpone
1 colher de sopa de cebolinha picada

Limpe os cogumelos, retirando os talos do shitake e cortando e descartando a base do shimeji. Corte o shitake em fatias finas, refogue os cogumelos separadamente com um pouco de óleo e reserve. Aqueça o azeite em um frigideira, acrescente o arroz e o vinho branco. Acrescente os cogumelos, mexa bem. Acrescente o queijo mascarpone, mexendo por alguns minutos, acrescente a cebolinha. Retire do fogo e sirva colocando as amêndoas sobre o risoto.

Sugestão de acompanhamento:
Tofu ao gergelim

Ingredientes:
250 g de tofu orgânico firme
1 colher de chá (4 g) de gergelim torrado

Em uma chapa ou grelha, passe o tofu com óleo e shoyu. Quando tiver dourado, retire da grelha e polvilhe com gergelim torrado, servindo imediatamente.

Torta de berinjela*

1 fatia de pão integral
3 berinjelas grandes para a capa
4 berinjelas pequenas orgânicas para o recheio
50 gramas de queijo parmesão ralado
100 gramas de queijo marguerita ralado
1 xícara de folhas de hortelã
10 castanhas do pará
alho e cebola e cebolinha para refogar

Refogar o alho, acrescentar a cebola e as 4 berinjelas para o recheio (previamente grelhadas). Acrescentar a cebolinha. Bater no processador as castanhas e o pão integral e misturar na panela com as berinjelas. Juntar o queijo (marguerita e parmesão) e as folhas de hortelã picadas. Montar a torta e assar por 25 minutos. Decorar com fatias de quejijo e tomate seco. Servir com uma folha de hortelã.

*Receitas sugeridas pelo restaurante Fulô Vegetariano, em São Paulo


(Segundo Helena Novaretti, qualquer receita que não tenha molho pode ser feita com carne de soja em vez de carne vermelha).

Um comentário:

milton toshiba disse...

Não celebro, almocei frango assado e no jantar teremos risoto de carne de sol.

abs

Blog Widget by LinkWithin

Molly - Colecionadora de Receitas Copyright © 2009 Designed by Ipietoon Blogger Template for Bie Blogger Template Vector by DaPino